0
Tai Chi Chuan e terceira idade

Tai Chi Chuan e terceira idade

O Tai Chi Chuan, uma modalidade de Qi Gong chinesa também chamada de “meditação em movimento”, possui inúmeros benefícios para quem o pratica, em especial para idosos. Em uma recente publicação no Jornal Britânico de Medicina Esportiva, estudiosos agora relacionam a prática regular de Tai Chi Chuan com a prevenção do risco de quedas e de aumento de bem estar mental para a população que

já se encontra em um estado avançado da vida.

Os benefícios da prática da modalidade têm sido reafirmados em numerosos estudos e revisões bibliográficas, desde que o Tai Chi chegou ao mundo ocidental. Entretanto, sempre existiram muitas contradições em relação a que casos e quais doenças poderiam ser amenizadas pela prática do Tai Chi; por esta razão, estudiosos do Instituto de Medicina Oriental da Coréia do Sul e da Universidade de Exeter, no Reino Unido, resolveram comparar os resultados para garantir um maior entendimento dos benefícios da prática milenar chinesa.

Como fonte de pesquisa foram utilizados trinta e cinco estudos retirados dos bancos de dados inglês, chinê e coreano; o material foi analisado buscando-se a real eficácia da técnica no andamento de uma variedade de patologias, incluindo câncer, doença de Parkinson, dor músculoesquelética, osteoartrite, artrite reumatóide, doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, osteoporose e diabetes miellitus tipo 2. Alguns dos estudos também associavam a prática de Tai Chi à benefícios psicológicos, equilíbrio e prevenção de quedas, alongamento e flexibilidade muscular e melhora da capacidade aeróbica.

Para diversas patologias, os resultados encontraram foram contraditórios. Entretanto, ficou bastante evidente que o Tai Chi é extremamente importante na prevenção de quedas e na saúde mental, além de diversos outros benefícios para a população de idosos. Por outro lado, o Tai Chi pareceu ter se mostrado pouco eficaz na condução do tratamento sintomático do câncer e da artrite reumatóide.
Os autores concluiram que o Tai Chi, modalidade que combina respiração profunda e relaxamento com movimentos delicados e lentos, oferece uma ampla gama de benefícios à saude dos idosos, sendo especialmente efetivo tanto na prevenção de quedas quanto no que se refere à saúde mental e psicológica desta população.

L eia mais aqui.

Sobre flavia