0

Agora o assunto é sério.

E eu já aviso que este email será longo. Mas, ao longo dele, eu vou te dar duas dicas valiosas, vou compartilhar um email que recebi essa semana de uma leitoradecepcionada comigo, que me causou inúmeras reflexões… E vou te fazer umconvite irresistível. Então eu garanto: leia até o final porque vai valer à pena.

(Tipo assim, tá grande… Mas não vai levar mais de 5 minutos – mais precisamente, 4 minutos e 49 segundos. Sim, eu cronometrei).

Ao longo da última semana, eu venho compartilhando alguns conteúdos de minha amiga Paula Abreu. Eu a conheci em um momento muito especial da minha vida, e quando meu filho Gael tinha apenas 40 dias de vida, a Paula aproveitou uma passagem por Sampa e fez questão de nos visitar e conhecer meu príncipe. Olha só a foto que registrou este encontro – foi a primeira vez em que estivemos juntas ao vivo, e acreditem em mim: a energia dela é milhares de vezes mais power ao vivo do que nos vídeos!

(Detalhe: reparem em como o Gael, nesta foto, parece o Mr. Magoo!)

snapseed-01

Um pouquinho antes de dar à luz a Gael, eu já tinha gravado um vídeo falando sobre como o Universo tinha conspirado para que ela entrasse na minha vida. Na época eu tinha acabado de dar me conta de que, com a chegada do meu filho, eu não queria mais continuar desempenhando as minhas atividades profissionais como eu fazia antes. E então, a Paula chegou me apresentando algo que, definitivamente, faria a diferença na minha vida.

>>> CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO VÍDEO QUE EU GRAVEI NA ÉPOCA!!!

A Paula, além de escritora e coach de alta performance, é também criadora do Programa Escolha Sua Vida (PESV), que é o primeiro programa online de coaching do Brasil, que já teve mais de 800 alunos (dos quais fui uma!). E foi, justamente durante o PESV de 2015 que eu tive vários insights que me possibilitaram construir algo que é realmente fantástico, que muitíssimo em breve eu vou apresentar para vocês.

Mas, péra. Uma coisa de cada vez.

Todas as semanas eu recebo inúmeros emails de pessoas que me fazem perguntas sobre como encontrar suas paixões, como construir uma vida profissional com propósito e como viver daquilo que faz nossos corações vibrarem. E, sendo absolutamente sincera em minha resposta: EU NÃO SEI. Eu não sei como fazer isso e, falando bem a verdade, eu quase reprovei na disciplina de Orientação Vocacional na faculdade de Psicologia. Na verdade, achava um SACO a matéria e nem tinha muita paciência de assistir as aulas.Sério: nem sob tortura ou surra de frigideira na cabeça eu sou capaz de ensinar alguém a fazer isso.

Mas a Paula sabe.  A Paula sabe e dedica a vida a isso e a motivar pessoas, como eu e você, a viver seus sonhos, metas e aspirações. E é por isso que eu vivo falando da Paula por aí. O fato de eu ser realizada profissionalmente não me faz saber ensinar isso a alguém. Eu não sei como fazer isso mas estou indicando alguém que sabe. Simples assim.

Porque é que eu estou falando disso tudo? Porque desde semana passada a Paulinha está compartilhando um treinamento gratuito. O primeiro vídeo foi sobre os 10 passos para construir uma vida e um trabalho com propósito. O segundo, sobre as 9 chaves que vão te ajudar a realizar qualquer coisas a que você se proponha. O terceiro e último, que sai amanhã dia 25/02, ainda não está disponível, mas saca só o tema: as perguntas cabeludas que sempre são feitas sobre como construir uma vida com propósito. No link aqui embaixo, você consegue acessar os dois primeiros vídeos, mas ao se cadastrar para assisti-los você será avisado quando o terceiro estiver disponível 😉 Mas seja breve, porque os vídeos não vão ficar para sempre no ar…

>>> CLIQUE AQUI PARA ACESSAR OS DOIS PRIMEIROS VÍDEOS DO TREINAMENTO!!!

AGORA A COISA FICA TENSA: esta semana, uma leitora se decepcionou comigo. 

Eu recebi um email de uma pessoa dizendo que admirava muito o meu trabalho, mas que estava profundamente chateada de eu ter me unido à Paula que, em sua visão, era uma pessoa manipuladora que vivia de vender coisas para as pessoas o tempo todo. Ela estava muito preocupada comigo. Em suas palavras, eu estava utilizando um marketing equivocado porque eu havia tido a deselegância de enviar um emailcobrando o fato de ela não ter aberto um email que eu havia enviado. E, para encerrar a conversa, ela me dizia que lia o que queria, na hora que queria, e se quisesse. Ponto final.

Na hora em que eu recebi o email, que minha assessora me encaminhou como o faz sempre que meus seguidores enviam seus feedbacks, senti algo no meu coração que me levou a responder. E eu respondi da forma mais amorosa possível, chamando a atenção para coisas que eu achava que cabiam, como por exemplo a quantidade depercepções julgamentosas que ela havia tido em relação a coisas que outras pessoas haviam encarado de forma totalmente oposta.

Ela julgava o fato da Paula vender coisas, enquanto diariamente recebo uma porção de emails que me agradecem por ter colocado a Paula em suas vidas – pessoas que compraram seus livro e programa de meditação e que realmente estão experimentando transformações consistentes. Ela chamava de deselegante o fato de eu ter enviado uma email lembrando-a que ela não havia aberto o meu último, enquanto dezenas de pessoas me escreveram agradecendo pelo mesmo fato. Enfim:ela estava se decepcionando comigo pelos mesmos motivos pelos quais muitas outras pessoas estavam me agradecendo.

INTERESSANTE, NÃO?

No final das contas, a leitora acabou me retornando agradecendo por minha resposta e minhas colocações, dizendo que refletiria sobre o teor de minha mensagem e que realmente fazia parte de sua história de vida o tema “cobrar caro” x “cobrar barato” pelo trabalho que ela fazia.

O fato é que me chamou a atenção a forma como algumas pessoas pensam e encaram os profissionais do desenvolvimento pessoal. E não é a primeira vez que alguém questiona a minha amizade com a Paula e me escreve perguntando o que é que, afinal de contas, nós temos em comum. Muita gente olha a nossa relação com estranheza, porque eu trabalho com desenvolvimento pessoal e espiritualidade e a Paula é coach e ajuda pessoas com seus desafios profissionais e com aspirações financeiras. O que temos a ver uma com a outra? Será que, de alguma forma,dinheiro e espiritualidade se relacionam?

Pensando nisso, resolvi lançar um post ontem no Facebook e Instagram, perguntandoa opinião das pessoas sobre o assunto. Quais eram suas dúvidas mais comuns sobre Dinheiro e Espiritualidade? Eu selecionei algumas das dúvidas e colei aqui embaixo:

“Como pensar abundantemente para criar a vida próspera que desejamos sem deixar que a ambição tome conta?” – Carina

Querer ter muito é errado do ponto de vista espiritual?” – Roberto

“Crenças limitantes em relação a dinheiro podem atrapalhar nosso desenvolvimento espiritual? – Ana

Eu li cada um dos comentários recebidos nas postagens e, vou te dizer, a quantidade de pessoas que não entende direito como estas duas coisas se relacionam e que já suspeitam que existe algo de errado na forma como usualmente refletimos a espiritualidade é enorme.

E foi pensando nisso que eu conversei com a Paula e a convidei para participar de um bate-papo online e gratuito sobre DINHEIRO E ESPIRITUALIDADE, na segunda-feira que vem, dia 29/02, as 20h00. Neste webinário vamos discutir temas como:

* De que forma crenças sabotadoras atrapalham nosso desenvolvimento pessoal?
* Espiritualidade e Prosperidade Financeira são realmente duas coisas distintas?
* Aprenda 3 passos simples para gerar abundância em sua vida :)

>>> CLIQUE AQUI E SE INSCREVA NO WEBINÁRIO GRATUITO!!!

E ATENÇÃO!!!

Ao final do webinário também vou compartilhar quais serão os meus bônus para os novos PESVers que se inscreverem na turma 2016 por minha indicação. As inscrições começam no dia seginte ao webinário, dia 1/03, e só de pensar nisso me dá um frio no estômago, porque é muita coisa mágica reunida e eu não vejo a hora de te contar tudo!

SPOILER ALERT! SPOILER ALERT! -> podemos estar juntos pessoalmente muito antes do que você pensa!

E então? Valeram esses 5 minutos da sua vida? É que eu não ia conseguir falar de uma coisa sem a outra e, aí, deu no que deu. Espero que o texto deste email tenha te feito sentido e que você esteja com a gente na segunda-feira que vem :)

No mais, espero que desfrute de saúde e prosperidade, e que caminhe mais e mais no sentido das verdadeiras aspirações do seu coração.

Com meus votos de paz, bem e abundância, hoje e sempre,
Flavia.

PS: Se você correu este email até o final, volte até o início e leia tudo com calma. Eu tenho certeza de que vão acender umas luzes aí na sua cabeça.

PPS: Se estiver com preguiça de fazer isso, clica aqui embaixo e se inscreve no webinário. O resto a gente te atualiza por lá!

>>> CLIQUE AQUI PARA SE ESCREVER NO WEBINÁRIO “DINHEIRO E ESPIRITUALIDADE”

Sobre flavia