0
Dificuldade em abandonar relações

Dificuldade em abandonar relações

P: “Porquê será que tenho tanta dificuldade de me desligar de meu ex-companheiro? Já tentamos ficar juntos um milhão de vezes e a coisa simplesmente não funciona – acabamos despertando o pior que há em cada um de nós. Apesar disso, não consigo simplesmente me afastar. O que acontece comigo? Será que estou louca?”

R: Você não está louca – só está dividida.

Há tantos aspectos inconscientes seus projetados no seu ex-companheiro, que deixá-lo ir embora é uma verdadeira mutilação. Você não percebe, mas ele está repleto de aspectos seus que você não reconhece – ele é uma tela em branco onde você está projetando um filme. O negócio todo está acontecendo na sua mente: existem aspectos seus que você não reconhece como seus, que você não tem consciência sobre, mas que encontraram no seu ex-parceiro a possibilidade de se manifestar: desejos reprimidos, verdades não admitidas, necessidades e urgências. O seu Eu Superior SABE que estes aspectos são seus, mas sua mente física, projetada para se proteger da angústia, não as aceita – o que é que as pessoas diriam de você, se soubessem que existe tudo isso aí dentro? Não, isso não pode ser seu – e então você jogou no seu parceiro.

E quando o relacionamento acaba (porque, sim, relacionamentos às vezes acabam), você vê seu ex indo embora, levando consigo esta parte de você. Você não reconhece o que há de si no outro, e o outro está indo embora! Você não é mais uma pessoa, é meia pessoa. E mais cedo ou mais tarde você vai perceber que não tolera a mutilação – você vai querer ser inteira novamente, e vai querer seu ex novamente. Você não consegue se separar do seu ex. Você não consegue se separar de você mesma.

A saída é ir jogando luz sobre a escuridão e aceitar de volta tudo aquilo que você projetou nesta pessoa – ele ir embora pode trazer à tona várias facetas de você mesma que causam dor, se admitidas. Aquela que teme a solidão. A que teme nunca mais encontrar alguém. Pode trazer à tona aquela faceta de você que experimentou, lá atrás, uma vivência de separação e rejeição enorme. Pode te trazer seus piores medos para a superfície.

SIGA ILUMINANDO E ACOLHENDO! Você é o que é, neste exato momento – mas tudo está sempre em constante transformação, e o que quer que esteja doendo agora, neste momento, também vai passar. E quando passar: a libertação – você é um ser inteiro novamente ♡

Sobre flavia